Histórico da AMBB

A Associação dos Músicos Batistas do Brasil – AMBB é uma organização auxiliar da Convenção Batista Brasileira. Nasceu em Salvador, Bahia, por ocasião do centenário dos Batistas Brasileiros. O Pr Marcílio de Oliveira Filho, junto com outros músicos presentes à convenção se reuniram em um restaurante e após conversarem e sonhar, fundaram a Associação de Músicos Batistas do Brasil. A primeira diretoria ficou assim constituída: Presidente: Marcílio de Oliveira Filho; Vice-Presidente: Fred Spann; Primeira secretária: Magali Cunha Ferreira de Barros; Segunda secretária: Nilda Bastos. Isto aconteceu no dia 15 de outubro de 1982.

Nestes 32 anos de existência a AMBB tem trabalhado em duas vertentes: o aprimoramento técnico do músico e estimulo à produção musical.

Já em seu primeiro congresso, realizado em janeiro de 1984, o tema discutido foi a produção de um novo hinário onde a música brasileira fosse contemplada. Assim, em 1991 nasce o Hinário para o Culto Cristão, como uma alternativa mais contemporânea para os cultos.

A AMBB foi a precursora dos Congressos de Adoração no país e ao longo dos anos tem incentivado para que mais e mais pessoas compreendam a importância da adoração e da música no culto.

Na área editorial, com o fechamento de todas as editoras musicais no país, é lançada a Série AMBB (músicas de compositores brasileiros para coros e grupos mistos).

Atualmente a AMBB tem se empenhado para que os direitos autorais de nossos músicos sejam respeitados, bem como tem estado atenta e agindo para que o direito de cantar no culto não seja restringido por leis que somente visam interesses financeiros.

Rolar para cima